terça-feira, 10 de janeiro de 2012

"mini" currículo de uma bipolar

Eu sempre gostei de estudar. Fiz todas as séries da escola sem repetir, fiz faculdade, fiz pós-graduação e iniciei o mestrado. Trabalhei na área de fisioterapia do trabalho logo que terminei a pós. Durante todos os anos da faculdade e alguns depois trabalhei no laboratório. Recebi bolsa de 300,00 por dois anos e só. O resto, trabalhei de graça.

Me considero esforçada e inteligente. Fiz cursos livres nas áreas de marketing e jornalismo. Fiz um curso de administração na Faculdade Getúlio Vargas muito concorrido, na faixa! Faço deliciosos brownies e cupcakes. Sei tricotar, sei fazer ponto-cruz e também ponto arraiolo. Escrevo muito bem. Falo com desenvoltura em público. Sei falar e escrever em inglês. Consigo pedir a conta em um restaurante e comprar uma pasta de dente em francês.

Faço o Pedro dormir cantando. Gosto de dirigir e me considero uma ótima motorista! Sou organizada e responsável. Faço tudo o que posso para ajudar a quem precisa. Muitas vezes saco as necessidades das pessoas mesmo que não seja aparente. Gosto de feedback e aprendi a receber qualquer tipo de crítica.

Ah! Mas sempre esqueço as torradinhas no forno...

pós-publicação: Acho que teve gente que entendeu errado este post. De maneira alguma estou querendo me exibir. A ideia aqui é bem o contrário. De que adianta saber tanto se não tenho um emprego por mérito???

4 comentários:

  1. O Zé tem uma grande mulher em casa, Ju!

    Beijos!

    Carol Borges

    ResponderExcluir
  2. Ju, matou a pau....bj

    ResponderExcluir
  3. Ju,
    O que te dizer sobre ter um emprego por mérito??? Também sou bipolar e tenho dificuldades em me manter em um emprego. Agora mesmo... optei por trabalhos temporários até um dia conseguir o que almejo. Boa sorte!!!

    ResponderExcluir
  4. Isso é estranho demais. Tb passo por isso. Será que é um efeito colateral da doença não ser selecionado nas entrevistas de emprego? Fico muito confusa com isso.

    ResponderExcluir

Muito obrigada por passar por aqui!
Seu comentário será moderado antes da publicação. Se você não quer que ele seja publicado, avise. Se preferir, me envie um email com seu comentário, para conversarmos no privativo.